content

Conheça 4 mulheres que transformaram a ciência e a tecnologia.

Quando falamos em Ciência e Tecnologia é comum não lembrarmos de nomes de mulheres que fizeram ou fazem parte dessas áreas. Isso pode acontecer por falta de conhecimento a respeito desses mercados ou ainda pela falta de incentivo à participação nesses setores.

 

 

É o que mostra um levantamento realizado pelo IBGE. Mulheres representam apenas 20% do mercado de tecnologia, sendo que das que entram em cursos de Tecnologia da Informação, 79% desistem no primeiro ano da faculdade.

 

Além disso, em um estudo realizado pela Women in Tech, 74% das meninas entrevistadas demonstraram gostar de ciência, engenharia, tecnologia e matemática. Porém, apenas 0,4% escolhem estudar Ciência da Computação quando se tornam adultas.

 

 

Agora, retornando à pergunta inicial: você sabe quem foi a primeira mulher programadora da história? Você se surpreenderia ao saber que a primeira pessoa a receber um Prêmio Nobel duas vezes foi uma mulher?

 

Hoje, no Dia Internacional da Mulher, selecionamos quatro mulheres que se destacaram por suas significativas contribuições às áreas de Tecnologia e Ciência. Conheça essas mulheres:

 

Ada Lovelace:

 

 

Se hoje temos computador, é graças à invenção de Ada Lovelace. Considerada a primeira programadora da história e mãe da computação, elaa criou o primeiro algoritmo a ser processado por uma máquina.

 

 

Em parceria com o cientista Charles Babbage, desenvolveram a “máquina analítica” de cálculos de números de Bernoulli, tida como a pioneira dos computadores.

 

Além disso, existe um prêmio que leva seu nome e é destinado a pessoas que desenvolvem iniciativas na área da tecnologia.

 

 

Marie Curie:

 

Mundialmente conhecida por sua contribuição à ciência, foi responsável por descobrir a existência do polônio e do rádio. Elementos químicos que colaboraram com o desenvolvimento de tratamentos médicos, como a radioterapia por exemplo.

 

 

Vista como a mãe da Física Moderna, Marie Curie foi a primeira mulher a ganhar um Prêmio Nobel e a primeira pessoa a receber tal reconhecimento duas vezes, sendo uma em Química, em 1903, e outra em Física, em 1911.

 

 

Grace Murray Hopper:

 

Com diversos títulos importantes, Grace foi a primeira mulher a se formar na Universidade de Yale, nos Estados Unidos, com PhD em Matemática. Também se consagrou como a primeira almirante da Marinha norte-americana.

 

 

Ainda, foi a cientista que liderou a invenção do COBOL (Common-Oriented Business Language), sendo a pioneira em linguagem de programação de alto nível. Assim, contribuiu para a criação de linguagens de programação para o UNIVAC, o primeiro computador comercial fabricado nos EUA.

 

Além disso, foi pioneira no uso do famoso termo “bug” para retratar problema em softwares.

 

 

Gertrude Belle Elion:

 

Conhecida por suas pesquisas com doenças virais, conseguiu formular um remédio capaz de amenizar sintomas de problemas como Aids, Herpes e Leucemia. Sua composição era capaz de inibir a produção de organismos nocivos, sem causar estragos em células saudáveis.

 

 

Por essa descoberta, Gertrude Belle Elion ganhou o Prêmio Nobel de Medicina em 1988.

 

 

Amplie suas possibilidades e transforme os rumos da sua carreira

 

Apesar das evoluções ao longo do tempo, o número de mulheres na ciência e na tecnologia ainda é baixo. Um levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) mostrou que 59% dos universitários do país são mulheres. Mas quando diz respeito à participação em cursos de ciências exatas, o número cai para 41%.

 

Faça parte dessa mudança. Estude em uma universidade que admira a evolução de seus alunos e aprenda com grandes profissionais sobre tecnologia, ciências de dados, transformação digital e muito mais.

 

 

Invista na sua formação com a UNESC Digital, conheça nosso portfólio de cursos e matricule-se. O melhor atalho entre o hoje e um futuro profissional promissor é aqui.

Comentários